A CAVERNA - 27/06/2017 - RIO DE JANEIRO/RJ

DETALHES DO EVENTO

Ganhador dos principais prêmios de teatro, de 2016, Marcos Caruso supervisiona dramaturgia e direção de “A Caverna”, primeiro espetáculo da Cia Quatrupe, que faz segunda temporada no Teatro Municipal Serrador.

“Muitos textos e novos autores vêm à minha procura. Leio todos. E posso dizer: salvam-se poucos. É muito difícil escrever para teatro, eu que o diga! Sou um autor bissexto e deparar com um bom texto escrito por um jovem autor é como achar uma agulha no palheiro. Essa agulha se chama Gabrielle Farias”, afirma Marcos Caruso que faz a supervisão de dramaturgia e de direção de “A Caverna”, primeiro texto da dramaturga, que faz temporada no Teatro Municipal Serrador de 06 a 28 de junho, às terças e quartas, às 19h30. “Queríamos encenar textos autorais, então eu e Bruno Heitor reunimos nossas forças na “Quatrupe” para poder dizer o que nossa alma gritava através da arte”, conta a autora.“A Caverna” tem a direção de Bruno Heitor e conta com ele, FifoBenicasa, Gabrielle Farias e Ingrid Counte no elenco.

A Cia Quatrupe é formada por Gabrielle e Bruno Heitor, profissionais das artes cênicas, que se juntaram através da necessidade de fazer teatro. Os atores FifoBenicasa e Ingrid Counte foram convidados para a encenação. Com música, sonoplastia e uma ambiência que fará com o espectador se sinta dentro da situação proposta, a peça busca trazer a reflexão sobre questões fundamentais como: Até onde vai o comportamento ético?Que valor é mais pertinente quando se está numa situação limite, a civilidade ou a sobrevivência?Qual é a linha que separa o certo do errado?

A peça conta o drama de quatro amigos, Anna, Miguel, Rebeca e Franco que, após um desabamento, ficam presos numa caverna subterrânea e terão de sobreviver a condições físicas e psicológicas extremas. Sempre à espera do quinto alpinista, que ficou para trás no meio da trilha, eles têm na equipe de resgate sua única esperança. Através das situações de estranhamento, o público tentará elaborar um julgamento a respeito dos valores apresentados em cena. “A gente não sabe como é o nosso comportamento em um lugar onde não há mais regras impostas. Acho que é aí que a nossa verdadeira essência aparece. A partir desses conflitos gerados, o público tem a oportunidade de se perguntar o que faria se tivesse no lugar daquelas pessoas. Essa interação do público que me interessa. Esse olhar pra si”, comenta a autora Gabrielle. 

Com direção musical de Ricco Vianna, a peça conta com uma trilha sonora totalmente original. “O processo de criação foi incidental, ou seja, a trilha foi criada em cima dos personagens, do conflito de cada um”, revela Ricco. A fim de reproduzir ao máximo a ambiência da caverna,  é utilizada uma sonorização surround e som dolby digital 5.1. Completando a proposta cênica, a iluminação e a cenografia, ambas assinadas por Paulo Denizot, criam uma atmosfera do desconhecido e misterioso caminho trilhado pela narrativa utilizando, fundamentalmente, os recursos de uma iluminação chiaroscuro (claro e escuro).


“Nós precisamos entender melhor a natureza humana porque o único perigo real que existe é o próprio homem”
Carl Gustav Jung


FICHA TÉCNICA

Texto: Gabrielle Farias 
Direção: Bruno Heitor 
Supervisão de dramaturgia e de direção: Marcos Caruso 
Elenco: Bruno Heitor, Fifo Benicasa, Gabrielle Farias e Ingrid Counte
Direção musical: Ricco Vianna 
Iluminação e cenário: Paulo Denizot
Figurinos: Hugo Leão 
Assistência de direção: Luísa Pitta 
Programação visual: Bruno Heitor 
Fotos / programação visual: Vinícius Mochizuki
Fotos / cena: Renato Mangolin
Assessoria de imprensa: Barata Comunicação
Consultoria em produção cultural: CultConsult
Produção e Realização: Cia Quatrupe

As informações aqui relacionadas são de responsabilidade da produção do evento.

Ingressos disponíveis

LOTES
Lote Ingresso Quantidade Total
LOTE 1 INGRESSO INTEIRA
R$ 44,00
( R$ 40,00 + TAXA R$ 4,00 )
LOTE 1 INGRESSO MEIA
R$ 22,00
( R$ 20,00 + TAXA R$ 2,00 )

FORMA DE RETIRADA / ENTREGA

Retirada na bilheteria no local do evento - A CAVERNA - 27/06/2017 - TEATRO MUNICIPAL SERRADOR

RUA SENADOR DANTAS 13, CENTRO, RIO DE JANEIRO - RJ 20031-202

Documentação necessária para retirada dos ingressos

  • Número do pedido.
  • Documento oficial com foto e cpf do titular da compra.
  • Cartão de crédito utilizado na compra.

Instruções de retirada

Somente o titular da compra pode fazer a retirada dos ingressos, mediante apresentação de documento com foto. Para retirada por terceiros, é necessária apresentação de procuração. Para gerar uma procuração, selecione opção Gerar Procuração nas infomações do seu pedido na seção Meus pedidos do Site.

Como cuidamos da sua segurança

Seguindo orientações das Operadoras de Cartão de Crédito, é indispensável a apresentação do cartão utilizado na compra para a retirada do ingresso para conferência de segurança, uma vez que as transações feitas pelas internet não são autenticadas com senha de usuário.

Central de Atendimento Ticketmais

Caso tenha dúvidas ou encontre alguma dificuldade em sua compra, estamos à sua disposição através dos contatos por telefone ou e-mail disponíveis na seção Fale Conosco de nosso site.

As informações do evento estão sujeitas a alterações pelo Organizador do evento. Acompanhe periodicamente a página para se manter informado sobre possíveis mudanças.

TEATRO MUNICIPAL SERRADOR

TEL: (21) 2220-5033
RUA SENADOR DANTAS, 13
CENTRO
RIO DE JANEIRO / RJ
20031-202

FORMA DE PAGAMENTO

  • 12 x
  • 12 x
  • 12 x
  • 12 x
  • 12 x
  • 12 x

Indique